quarta-feira, 15 de maio de 2013

China - Aspectos Humanos


China - Aspectos Humanos

População
Metade da população é essencialmente jovem (20 anos).
A população chinesa encontra-se mal distribuída, chegando a 90% da população a ocupar apenas 20% do território. As maiores concentrações localizam-se no delta e vale médio do Yang-Tsé-Kiang, no baixo vale do rio Hoang-Ho e delta do Sin-Kiang (formigueiros humanos).
A China possui quase 70% da população vinculada à zona rural.
 Distribuição Humana na República Popular da China
A China, com um bilhão de habitantes (50% dos quais entre 0 e 20 anos). apresenta uma população bastante homogênea na sua composição étnica (6% de não-chineses)devido à conservação de padrões culturais. Seus antepassados criaram uma sólida organização política e uma filosofia original (confucionismo), que lhes permitiu resistir às influências de diversos invasores (como os mongóis).
Atualmente o crescimento populacional da China é de 1% ao ano, índice bastante elevado se considerarmos sua grande população absoluta, que determina um acréscimo de 20 milhões de chineses ao ano.
Embora a China apresente uma grande população absoluta, a sua densidade demográfica não é alta (85 hab./km2), devido à enorme extensão territorial. Da mesma maneira, a distribuição espacial da população é bastante irregular: em apenas 20% da área estão 90% da população.
As maiores concentrações ocorrem nas planícies férteis do vale médio do rio Yang-Tsé-Kiang, no vale do rio Hoang-Ho, na bacia Vermelha e o sul da Mandchúria, sendo as regiões montanhosas a oeste bastante despovoadas.
 Aspectos Humanos: a Ocupação Humana
A população chinesa destaca-se pela homogeneidade étnica (apenas 6% de não-chineses) e pela heterogeneidade na ocupação espacial. Durante quase 30 séculos a região dos vales férteis da China de Leste e de Sul atuou como fator de compartimentação étnico-cultural que resistia às hordas invasoras dos povos das estepes, conservando quase intactos aspectos variados da civilização chinesa que permanecem até os nossos dias. No censo divulgado em 1963, a população chinesa apresentou 583 000 000 de habitantes e no censo de 1982, a China atingiu um bilhão e 35 milhões de habitantes. Hoje (1996) 1 bilhão 280 milhões de habitantes.
O grande responsável pelo aumento populacional é o crescimento vegetativo que sempre foi elevado. Entretanto, a rigorosa política de controle de natalidade está provocando uma acentuada redução da natalidade: 19%0 atualmente. A mortalidade também diminuiu: 7%0. O crescimento atual é, portanto, 1% ao ano.
A estrutura etária mostra uma população basicamente jovem, com mais da metade dos habitantes na faixa de 0 - 20 anos de idade.
Apesar do enorme contingente populacional, a densidade demográfica da China, 104 habitantes por km2, não é alta devido à enorme extensão do território, 9,6 milhões de km2. A distribuição espacial da população mostra uma enorme divergência entre a China Ocidental e Oriental. Aproximadamente 90% dos chineses ocupam apenas 20% do território.
Nas grandes planícies férteis e nos deltas do mar Amarelo, as densidades ultrapassam mil habitantes por km2. As maiores concentrações se verificam a partir do vale médio do Yang-Tsé na bacia Vermelha (Se-Chuan) e no sul da Mandchúria.
Como aproximadamente 80% da população está na zona rural, a forte concentração populacional coincide com as terras em condições de cultivo: solos orgânicos, profundos e porosos. As condições agrícolas desfavoráveis das terras elevadas da China Ocidental são em parte responsáveis pela rarefação populacional na região.
Ocorre atualmente um intenso movimento de ocupação no sentido sul - norte - nordeste - oeste. A Mandchúria, por exemplo, possuía 15 000 000 de habitantes em 1910 e hoje essa cifra se aproxima dos 100 000 000.
a n[ � s e (� @E� áticos é total e se traduz em chuvas pesadas no verão e invernos pouco rigorosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito agradecido pela sua visita.
Me perdoe não poder responder às suas perguntas.
Se gostou e quiser elogiar ou criticar positivamente, ficarei agradecido e até envaidecido.
Se não gostou, não há necessidade de expor sua ira, frustrações ou ignorância escrevendo grosserias. Simplesmente procure outro material na internet.
Forte abraço!
Prof. Miguel