terça-feira, 14 de maio de 2013

África Negra


A África Negra

A chamada "África Negra" abrange a maior parte do continente.
São as microrregiões da África Ocidental, Central, Oriental e Meridional.
Os países de cada uma dessas regiões citamos a seguir:

I. África Ocidental
Mauritânia
Mali
Senegal
Gâmbia
Guiné Bissau
Guiné
Serra Leoa
Libéria
Costa do Marfim
Gana
Togo
Benin (Daomé)
Niger
Nigéria
Burkina Fasso (Ex-Alto Volta)
Cabo Verde (Ilhas)
S. Tomé e Príncipe (Ilhas)

II. África Central
Tchad
Camarões
Rep. Centro-Africana
Congo
Gabão
Zaire
Guiné Equatorial
Angola
Zâmbia

III. África Oriental
Sudão Maurício (Ilhas)
Eritréia Camorões (Ilhas)
Djibuti Seychelles (Ilhas)
Etiópia
Somália
Quênia
Uganda
Ruanda
Burundi
Tanzânia
Malawi
Moçambique
Madagáscar (Ilha)
IV. África Meridional
Botswana
Namíbia
República Sul-Africana (África do Sul)
Zimbábwe (ex-Rodhésia)
Lesotho
Suazilândia

Obs.: a África Meridional será estudada no módulo seguinte
Predominantemente agrícola ou fornecedora mineral, pode ser considerada, ainda, uma das regiões mais espoliadas do mundo. A pobreza, o atraso, a ignorância são mantidos, diferindo muito pouco do tempo de dominação colonial européia. Tem uma divisão política arbitrária; em alguns lugares, povos amigos foram separados; noutros, inimigos foram juntados num mesmo território, resultando ser uma região de conflitos permanentes. Acresce-se a isso que a ação predatória do colonizador desequilibrou as suas condições naturais. Ao Sul do Saara, no Sahel, a falta de chuvas por longo tempo faz o deserto avançar de 80 a 100 km/ano, aumentando a miserabilidade de muitos países: Etiópia, Sudão, Chad, Níger e outros. Mesmo que em alguns lugares a luta pela independência tenha se associado a revoluções sociais (África portuguesa: Angola, Moçambique e outros), a situação não foi alterada. Por sofrerem agressões externas, foi até agravada (ação da África do Sul).
 A África Negra: Ocidental, Central e Oriental
Atividades Econômicas da África Ocidental
a) Extrativismo Mineral
Ferro (Libéria, 9º produtor e Serra Leoa)
Ouro (Gana, 6º produtor mundial)
Estanho (Nigéria, 8º produtor mundial)
Diamante (Gana, 9º produtor mundial e Serra Leoa, 8º produtor mundial)
Petróleo (Nigéria, 9º produtor mundial)
Bauxita (Guiné, 5º produtor mundial)
Manganês (Gana, 8º produtor mundial)
 b) Pecuária
Criação de gado bovino e prática de criação nômade ou seminômade de ovelhas e cabras.

c) Produção Agrícola
Cacau (Gana, 1º produtor mundial; Nigéria, 2º produtor mundial e Costa do Marfim, 3º produtor mundial)
Café (Costa do Marfim, 3º produtor mundial)
Inhames (Nigéria, 1º produtor mundial, Costa do Marfim, 6º produtor mundial e Togo, 7º produtor mundial)
Amendoim (Nigéria, 3º produtor mundial e Senegal, 5º produtor mundial)
Borracha natural (Libéria, 6º produtor mundial e Nigéria, 7º produtor mundial)
A agricultura é a principal atividade da África Ocidental, seguindo-se-lhe a extração de recursos energéticos e minerais. A indústria é ainda incipiente.
 Atividades Econômicas da África Central
A agricultura e a extração de minerais são as principais atividades.
No Zaire, a região de Kasai é a maior produtora mundial de diamantes. No planalto do Katanga, imensas jazidas de cobre de alto teor são exploradas ao ar livre, em gigantescos degraus.
O Gabão tem grandes reservas de petróleo, ferro, manganês, ouro e urânio.
 a) Extrativismo mineral
Diamante (Zaire, 1º produtor mundial e Congo, 4º produtor mundial)
Ouro (Zaire)
Cobre (Zaire, 6º produtor mundial)
Estanho (Zaire, 9º produtor mundial)
Urânio (Gabão, 5º produtor mundial)
Manganês (Gabão, 4º produtor mundial e Zaire, 9º produtor mundial)
Zinco (Zaire, 9º produtor mundial)
 b) Extrativismo vegetal
Floresta Equatorial do Congo. Destaque para a produção madeireira dos países: Congo e Gabão, produtores do mogno, de alto valor como madeira de lei, seringueira e dendezeiro.
 Observação: Nessa parte da África, surge a mosca tsé-tsé, que dá origem à doença do sono.
 c) Pecuária
Um pequeno destaque para o gado bovino.
d) Produção Agrícola
Café (Congo e Camarões)
Algodão (Zaire)
Borracha Natural (Zaire, 8º produtor)
Cacau (Camarões, 5º produtor mundial)
Amendoim (Chade e Camarões)
Tabaco (Congo)
E, de uma maneira geral, milho, sorgo e banana.
 Atividades Econômicas da África Oriental
Região mais pobre da África, com amplas riquezas minerais, mas os piores indicadores econômicos do mundo, sendo chamada constantemente de "Quarto Mundo".
Os destaques são a Tanzânia pela riqueza mineral e o Kênya pela riqueza agrícola e o turismo nos parques nacionais de fauna e flora.
Na parte insular as ilhas Seychelles se destacam como "paraíso fiscal". 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fico muito agradecido pela sua visita.
Me perdoe não poder responder às suas perguntas.
Se gostou e quiser elogiar ou criticar positivamente, ficarei agradecido e até envaidecido.
Se não gostou, não há necessidade de expor sua ira, frustrações ou ignorância escrevendo grosserias. Simplesmente procure outro material na internet.
Forte abraço!
Prof. Miguel